terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

BONECAS RUSSAS

As matryoshkas, todo mundo conhece, são bonecas russas feitas para ficar umas dentro das outras. Há ainda outras bonecas russas, e essas só alguns de nós conhecem, feitas para ficar uma ao lado da outra: As Delinskis.

Mas desde o Natal estavam separadas – e que separação!

A Rebequinha na amplidão do campo em Ponta Grossa; a Julie na contenção dos quartos de hospital em Curitiba e São Paulo. A Rebequinha ganhando tamanho; a Julie ficando magrinha. A Rebequinha encantando-nos; a Julie preocupando-nos. A Rebequinha falando com todo mundo; a Julie esquivando-se de falar com tanta gente.

Mas em 15 de fevereiro, uma semana depois de a Julie passar por uma cirurgia delicada mas coroada de êxito, essas bonecas russas se encontraram em Curitiba. Agora sim: Estão de novo uma ao lado da outra, como foram feitas para ficar.

Ah, e mais boas notícias: Desde o Natal a Rebequinha aprendeu a andar – e a Julie, a andar mais devagar!

2 comentários:

Marilia Lamberti disse...

mais boas notícias:
vamos celebrar a vida e proporcionar o reencontro dessas Matrioshkas com todos que contribuíram para o crescimento e desenvolvimento da Rebeca, e para a ótima recuperação de Julie!
porque as Matrioshkas significam saúde para as mulheres.

Lúcia BL disse...

Resposta:

oi, má! quem sabe o rian nos traz umas matryoshkas da próxima vez em que for para a rússia? beijo!