quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

ENTRE GERAÇÕES 2

Lux: de são paulo a nova york, a nossa onde de amor não há quem corte
Kaká: nova york? to indo pra dubai
Lux: eu sei. tava falando da canção
Kaká: que canção, lux?
Lux: a canção do júlio barroso
Kaká: ?
Lux: da gang 90
Kaká: ?
Lux: aquela do são três horas da manhã, você me liga pra falar coisas que só a gente entende?
Kaká: ?

Deixo-os com Telefone, na interpretação deliciosa do Ira! e da fofa da Fernanda Takai. Para quem quer lembrar (ou ficar sabendo) o que era ser moderno (ou performático, como se dizia) nos anos 80, eis o vídeo da interpretação da Gang 90.

music player
I made this music player at MyFlashFetish.com.

9 comentários:

Too-Tsie disse...

Gang 90 e as Absurdetes!
Diversão!
Lembro de "nosso louco amor", tema de abertura de novela, e "será que o king kong é macaca?" que tinha no disco plunct plact zuum.

Kaká é uma menina, realmente não deve conhecer a gang 90. Eu tinha por volta de 6 ou 7 anos e adorava essa modernidade fun da época. Mas nunca é tarde pra descobrir essas pérolas né?

Lúcia BL disse...

Resposta:

bom dia, too-tsie!

então, eu tenho 20 anos a mais do que a kaká - o que parece mais ajudar do que atrapalhar a nossa conexão.

é apenas quando entramos no campo das nossas memorabilias, desses produtos da sociedade de massa com os quais nos sentimos identificadas ao longo das nossas linhas de tempo, rs - é apenas aí que fica claro que pertencemos a diferentes gerações.

daí as estórias da gang 90, que significa tudo na minha linha de tempo (e na sua, parece-me), e do chaves, que significa tudo na linha de tempo da kaká.

pensei em colocar o nome generation gap... mas o meu blog já está estourando em anglicismo :-(

"entre gerações" ficou menos óbvio, não? bom, deixo assim... envolto em um certo mistério, como é mais próprio às mulheres aos 40.

beijosssssss!

Tony Goes disse...

Adorava Gang 90. Uma vez pedi para tocar "Perdidos na Selva" na boate Castel do Rio e o DJ ficou puto (naquela época ainda se pedia música a DJ). Lembro do nome de duas Absurdetes: May East, que depois tentou carreira solo apesar de não saber cantar nem dançar, só fazer carão, e Alice Pink-Pank, uma holandesa que era tudo o que seu nome sugere. A terceira era irmã do Julio Barroso, acho que se chamava Denise...

ludo diniz disse...

Eu n estou lembrando pelo nome, mas vou procurar a música, porque pode ser q a reconheça ouvindo.

Too-Tsie disse...

Lucia, depois veja minha resposta la no "assim vc me insulta"

ludo diniz disse...

Agora sim. Ouvi a música aqui e lembrei na hora.
Não conhecia esse grupo pelo nome, mas as músicas sim.
Já foi na trash 80's?

Lúcia BL disse...

Respostas:

oiê, tony! como assim? não se pede mais música ao dj? :-S aí está um gap geracional difícil de atravessar, hein? e porque essa reação do dj da castel? afinal, você não estava pedindo pra ele tocar oswaldo montenegro, não?

good morning, green/blue eyes! ainda não fui ao trash 80's. quero muito ir! ludo, por que você teve que procurar a canção? no seu pc você não vê esse music player da gravação do ira? o link para o vídeo da gang 90 no youtube?

dearest toot-sie! sim... mais uma vez eu me emocionei com o seu comentário/post e a nossa conexão *\o/* então estou a elaborar uma resposta!

Gui disse...

Olha, 83 eu nem nascido era, mas o povo daqui de casa me faz conhecer muita coisa divertida. Adoro.

Alberto Pereira Jr. disse...

tb não conhecia a música nem o grupo.. mas é semrpe divertido olhar a estética absurdinha dos anos 80.. adoroo as ombreiras..