domingo, 6 de janeiro de 2008

MIL VEZES CHICO

Ouço muitas canções – e mil vezes cada uma delas. Sim, Theodor Adorno. E sempre foi assim. Mesmo quando eu não vivia solita, mesmo quando eu não tinha fone de ouvido, mesmo quando eu não tinha um toca-música pessoal.

Foi apenas na adolescência que eu levei o toca-fitas (melhor, o gravador) da família para o quarto. Até então eu ouvia rádio, discos ou cassetes na sala mesmo. Mil vezes cada canção. E ninguém se incomodava com a repetição da minha trilha sonora.

Em parte porque eu ouvia música à tarde, quando raramente havia mais de duas pessoas em casa. Meus pais trabalhavam. Eu e os meus irmãos, após as aulas, transitávamos entre Cultura Inglesa, Aliança Francesa, violão na Marisa, natação na USP, ginástica na Cida, ballet ou judô no Paineiras e os trabalhos de equipe (existe isso ainda?) que geralmente eram em outras casas. Sim, falta coisa, hermanitos. Mas o ponto é que nossos horários em casa não coincidiam.

E em parte porque crescemos num ambiente em que se ouvia mil vezes cada canção. Meu pai só queria saber de árias de ópera, interpretadas invariavelmente por Caruso, Tito Schipa, Beniamino Gigli. E minha mãe só queria saber de MPB. MPB? O negócio dela era Chico.

Como teria sido a minha infância sem ouvir mil vezes Chico? Não sei. Mas hoje, parodiando Ruy Guerra, hoje eu seria mais pobre, estaria mais vazia, sem semana, sem tijolo, sem desenho, sem construção.

Em homenagem à mamãe, deixo-os com Construção.

music player
I made this music player at MyFlashFetish.com.

3 comentários:

ludo diniz disse...

Já foi no Roda Viva?
Era perfeito para amantes de Chico. Não sei como está hoje (ainda existe?), mas quando costumava ir, era uma delícia, principalmente quando rolava uma mesa no salão principal.

Lúcia BL disse...

Resposta:

salut, ludo! o roda viva fica na vila madalena? não conheço e adoraria ir. vamos juntos? assim curtimos o chico e treinamos as nossas cantadas e técnicas de paquera que estão meio fraquinhas... até porque temos um pletora de baladas pela frente! ;)

beijo!

Alberto Pereira Jr. disse...

adoro Chico..
cantei algumas das músicas dele no coral da faculdade.. um compositor de primeira..

tb não me incomodo de ouvir muitas vezes as mesmas músicas, se as considero boas.. não me canso